EFD- REINF E AS EMPRESAS DO 3º GRUPO

efd reinf

EFD- REINF E AS EMPRESAS DO 3º GRUPO

A EFD Reinf é Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Outras Informações Fiscais, ela é integrante do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED).

A Reinf tem o intuito de escriturar rendimentos pagos e retenções de Imposto de Renda, Contribuição Social, exceto as relacionadas a informações sobre receita bruta para apurações das contribuições previdenciárias substituídas.

Nesse sentido, ela substituíra o módulo da EFD Contribuições que apura a Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta (CPRB).

Porém ainda existem muitas dúvidas em relação a essa obrigação acessória, principalmente quanto à desobrigatoriedade de entrega das empresas do 3º grupo.

Por esse motivo te convido a continuar a leitura desse artigo e entender tudo sobre a EFD Reinf, vamos lá!

1- O que é a EFD Reinf?

Como já citamos no inicio do artigo ela é a Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Outras Informações Fiscais, foi instituída pela Instrução Normativa RFB nº 1701, de 14 de Março de 2017.

A princípio um diferencial dessa obrigação é que não possui um sistema ou programa validador para gerar a obrigação e fazer a entrega, ela é realizada direto no site da Receita Federal.

Vale lembrar que a EFD Reinf junto ao eSocial, abre espaço para substituição de informações solicitadas em outras obrigações acessórias como GFIP e DIRF.

Vamos ver quem está obrigado a entregar a EFD Reinf.

2- Quem deve entregar a EFD Reinf?

De acordo com o Art. 2º da Instrução Normativa RFB 1701/ 2017 estão obrigados a realizar a entrega:

  • Empresas que prestam e contratam serviços realizados mediante cessão de mão de obra;
  • Pessoas jurídicas responsáveis pela retenção da Contribuição para o PIS/Pasep, da COFINS e da CSLL;
  • Também empresas optantes pelo recolhimento da contribuição previdenciária sobre a receita bruta (CPRB);
  • Produtor rural pessoa jurídica e agroindústria quando sujeitos a contribuição previdenciária substitutiva sobre a receita bruta;
  • Associações desportivas que mantenham equipe de futebol profissional;
  • Empresa ou entidade patrocinadora que tenha destinado recursos à associação desportiva que mantenha equipe de futebol profissional a título de patrocínio;
  • Entidades promotoras de eventos desportivos realizados em território nacional, em qualquer modalidade desportiva, dos quais participe ao menos 1 (uma) associação desportiva;
  • Pessoas jurídicas e físicas que pagaram ou creditaram rendimentos sobre os quais haja retenção do Imposto sobre a Renda Retido na Fonte (IRRF), por si ou como representantes de terceiros. (Conforme o Manual de Orientação do Usuário v.1.5.1.2, item 2 (página 5 e 6), somente passarão a ser obrigados ao envio de informações relativas à EFD-Reinf quando os eventos que substituirão a DIRF forem inseridos formalmente, com a antecedência e a publicidade devidas, nos leiautes daquela escrituração).

Para saber mais acesse o manual de instruções da EFD Reinf.

Contudo para inicio do envio as empresas foram divididas em 4 grupos onde cada grupo tem sua data definida para começar a entregar. Vamos comentar abaixo.

3- Grupos de entrega da EFD Reinf.

As empresas foram organizadas em grupos  por natureza jurídica e cada grupo tem sua data de início para começar a entregar.

São eles:

Grupo 1:

Empresas de natureza jurídica iniciadas com 2 e faturamento superior à R$78 milhões no ano de 2016- Início de entrega 1 de Maio de 2018;

Grupo 2:

Também empresas iniciadas com 2 porém não optantes pelo simples nacional, com faturamento inferior à R$ 78 milhões no ano de 2016- Início de entrega 10 de Janeiro de 2019;

Grupo 3:

Empresas iniciadas com 2, mas optantes pelo simples nacional, Microempreendedor Individual e também natureza jurídica iniciada com 3 ou 4- inicio de entrega 10 de Maio de 2021;

Grupo 4:

Empresas de natureza jurídica iniciada com 1 ou 5 as administrações públicas e organizações internacionais- Inicio da entrega 8 de Abril de 2022.

Então, agora que já sabemos o que é a EFD Reinf, quem está obrigado a entregar e quais são os grupos e suas respectivas datas de entrega, vamos aprender sobre eventos de tabela e eventos periódicos.

4- Eventos na Reinf

As informações na EFD Reinf são prestadas em formas de eventos de tabela e eventos periódicos, assim possibilitando múltiplas transmissões em períodos distintos.

Exemplo: Quando você enviar o Evento de tabela R-1000 que são as informações do contribuinte, ou seja, o primeiro evento a ser transmitido, não terá a necessidade de enviar sempre, apenas quando  houver alteração no cadastro.

Portando vamos aos eventos de tabela.

4.1- Eventos de Tabela

O intuito do evento de tabela é otimizar e validar a escrituração das informações prestadas que podem influenciar no cálculo dos tributos e contribuições.

Os eventos do grupo de tabelas incluem:

  • Evento R-1000- Informações do contribuinte;
  • Evento R-1070- Tabela de processos administrativos/judiciais.

Além dos eventos de tabela existem os eventos periódicos vamos conhecê-los.

4.2- Eventos Periódicos

Os eventos periódicos são aquelas que possuem informações previamente definidas, sendo eles:

Eventos periódicos EFD Reinf

5- Qual o prazo de envio?

A princípio o prazo de envio da EFD Reinf é todo dia 15 do mês seguinte.

Salvo do evento R-3010 (entidades Promotoras de Eventos Desportivos),realizados em território nacional, em qualquer modalidade desportiva, dos quais participe ao menos uma associação desportiva que mantenha equipe de futebol profissional o prazo para transmissão é até 2 (dois) dias úteis após a sua realização.

6- Precisa enviar sem movimento?

A minha resposta é sim!  Muitos contribuintes ficaram com dúvidas na questão do envio da EFD Reinf sem movimento, mas vamos lá entender.

De acordo com o manual da Reinf a situação sem movimento para o sujeito passivo  é quando não há fato gerador de contribuição social previdenciária ou dever de efetuar a retenção.

Deve ser informada nos termos do evento R-2099, na 1º competência do ano em que ocorrer a situação.

Como vimos acima, no manual ainda existe a obrigatoriedade de envio da EFD Reinf sem movimento para as empresas do 1º e 2º grupo.

O que muitos contribuintes tem se confundido é com a desobrigatoriedade de entrega sem movimento para empresas do 3º grupo. Vou explicar abaixo.

6.1- Quem está desobrigado ao envio da Reinf sem movimento?

Atualmente estão desobrigadas a enviar a EFD Reinf sem movimento as empresas que se enquadram no 3º grupo, sendo elas: Optantes pelo Simples Nacional, Microempreendedor Individual (MEI), entidades sem fins lucrativos, segurado especial e pessoas físicas.

No entanto no último dia 27 de Maio de 2021, foi publicada a versão 1.5.1.2 do manual do usuário da EFD Reinf, onde informa a desobrigatoriedade do envio sem movimento, ou seja, os contribuintes do 3º grupo que se encontrarem nessa situação não há necessidade de enviar o evento R-100 e nenhum outro evento da EFD Reinf.

7- Quem já enviou a EFD Reinf do 3º setor, tem algum problema?

Contudo vários contribuintes adiantaram a entrega com o intuito de não ficarem sobrecarregados resolveram antecipar a Reinf.

Até o momento, sabemos que não há impedimento da entrega para empresas do 3º grupo sem movimento, sendo assim, entendemos que não tem problema ter enviado.

Como podemos observar a EFD Reinf possui suas particularidades e exige conhecimento sobre essa obrigação acessória, esperamos que esse artigo tenha sido esclarecedor pra você.

Por fim, se ainda ficou com dúvidas podemos te ajudar.

Você já conhece a Escola Contábil?

A Escola Contábil chegou ao mercado para ser uma verdadeira solução para as lacunas deixadas pelas universidades na formação de profissionais.

Então, na Escola Contábil você encontrará desde cursos completos para Exame de Suficiência e Exame de Qualificação Técnica, como também dezenas de cursos voltados para a prática profissional.

Tudo isso por apenas R$ 49,90 por mês.

Mas o que você encontrará na Escola Contábil:

  • Preparatório para Exame de Suficiência Curso para o Exame de Qualificação Técnica (Perito e Auditor);
  • Curso completo de IRPF;
  • Tudo sobre MEI;
  • Empreendedorismo Contábil;
  • Curso Prático de HP-12C;
  • Perícia Contábil na prática;
  • Dicas de como se sair bem em entrevistas;
  • Contabilidade Pública do ZERO;
  • Rotinas Contábeis;
  • Rotinas Trabalhistas, incluindo E-Social;
  • Sped Fiscal;
  • Excel na prática;

E muito mais… Em outras palavras, a Escola Contábil é o que faltava para você se tornar de vez um profissional de excelência no mercado de trabalho.

Começamos a dar aula exclusivamente para o público contábil em 2019, e, nesse meio tempo, mais de 16.000 alunos de matricularam em nossas turmas.

Com tamanha repercussão, decidimos unir tudo em um único lugar, criando a Escola Contábil, cuja finalidade é, acima de tudo, privilegiar o aprimoramento de nossos alunos.

Definitivamente, pelo que entrega, este curso tem um valor quase que módico.

Enfim, gostou? Então conheça um pouco mais CLICANDO AQUI!

Compartilhe esse conteúdo

Marcadores

Deixe Seu Comentário

Artigos Relacionados

Quer ficar por dentro das últimas novidades da área contábil?

Inscreva-se na nossa newsletter e tenha nossos conteúdos em primeira mão.

Assine agora a Escola Contábil e aprenda o que a faculdade não ensinou!

Torne-se um profissional diferenciado no mercado de trabalho. Estude com professores objetivos e atualizados! Tudo isso sem sair de casa!

© 2021 Escola Contábil. Todos os direitos reservados.