Posso trocar de contabilidade? Veja o procedimento

trocar de contabilidade

Posso trocar de contabilidade? Veja o procedimento

Uma pergunta frequente que todo empreendedor têm quando não está satisfeito com os serviços prestados pela atual contabilidade é: Posso trocar de contabilidade?

E a resposta é: SIM!

A relação entre contador e empresário vai muito além da execução dos serviços contábeis, o profissional contábil precisa sempre estar presente, direcionar, auxiliar e ser realmente o braço direito do empresário.

A maioria das reclamações que os empresários relatam é: a distância do contador, que somente envia o boleto do honorário, os impostos a pagar e as obrigações da empresa, mas na maioria das vezes o empresário necessita de uma atenção maior.

E por esse motivo vamos explicar no decorrer deste artigo todos os detalhes para a troca de contabilidade, assim o empresário vai saber qual a sua obrigação e dever dentro da legislação vigente.

Posso trocar a minha empresa de contabilidade?

Sim. A mudança de contador é um direito que a empresa possui quando suas necessidades não estão sendo atendidas pela contabilidade atual.

Na relação entre contador e empresário precisa ter confiança, transparência, lealdade, comprometimento e muito diálogo entre as partes, porém muitas vezes vemos empresários insatisfeitos com os serviços prestados pela contabilidade por diversos motivos.

Também é comum encontrarmos a situação ao contrário: quando o empresário não responde as solicitações do contador, não atende telefone, não responde e-mail entre outros contatos, por esse motivo muitas vezes o contador não consegue prestar um serviço de qualidade e excelência.

Sendo assim, a troca de contador é permitida e inclusive é previsto pelo Código de Defesa do Consumidor no Capitulo VI. Não é um processo demorado, mas precisa saber exatamente como deve ser realizada e quais são os direitos e deveres do empresário e contador.

O que é preciso para realizar a troca de contador da minha empresa?

Primeiramente antes de trocar de contador, pesquise outro profissional que atenda as necessidades da sua empresa, veja como são realizados os procedimentos e processos adotados pela contabilidade e também:

  • Se possui seguro cível;
  • Busque saber sobre os colabores e qual o conhecimento deles em relação à atividade exercida pela sua empresa;
  • Verifique se realmente é uma contabilidade presente;
  • Busque saber se ela cumpre todas as obrigações dentro dos prazos estabelecidos pelo governo, a fim de evitar qualquer ônus para empresa.

Uma dica é fazer pesquisa com os atuais clientes e perguntar sobre o trabalho realizado por ela e também verificar se a mesma investe em tecnologia para facilitar os processos.

Agora com o seu futuro contador a vista é hora de informar o atual sobre a mudança, sendo assim, vamos fazer um passo a passo prático abaixo.

trocar de contabilidade

Passo a passo para troca de contabilidade

 

1º Informe o contador atual:

Antes de tudo é necessário informar o contador atual que você irá retirar a empresa e fazer a troca de contabilidade.

De acordo com o código de defesa do consumidor é preciso comunicar o cancelamento e saída através de correspondência registrada por correio ou por meio eletrônico como, por exemplo: e-mail.

Neste comunicado é importante conter os dados da empresa e a data de encerramento do contrato.

Vale lembrar que o contador tem em média o prazo de 30 dias para fazer a devolução dos documentos.

2º Realizar o distrato com a contabilidade atual

Aqui, você precisa verificar no seu contrato com a contabilidade se possui a cláusula de multa por rescisão contratual fora do prazo estipulado, sendo que este prazo pode variar de dois meses até um ano.

Importante ressaltar que de acordo com a RESOLUÇÃO CFC N.º 1.590, DE 19 DE MARÇO DE 2020, no distrato deve constar a responsabilidade do contratante de recepcionar os documentos que estejam na posse do profissional.

E também o profissional rescindente tem o dever de comunicar ao novo responsável técnico contratado sobre os fatos que deva ter conhecimento.

3º Solicitação de documentos

A solicitação de documentos pode ser realizada já no e-mail ou carta que foi informado sobre o rompimento do contrato.

Além da solicitação dos documentos da empresa, é recomendável que peça para a atual contabilidade enviar junto todas as informações da empresa como, por exemplo:

  • Débitos e pendências com todos os órgãos sejam eles: Municipal, estadual e federal;
  • Caso a empresa possua algum tipo de parcelamento ou negociação;
  • Se a organização está com algum processo administrativo em andamento.

4º Preenchimento do termo de transferência de responsabilidade técnica

É recomendado o preenchimento do termo de transferência de responsabilidade técnica, ele é elaborado pelo próprio escritório de contabilidade e assinado entre eles.

No termo consta que o novo escritório de contabilidade passará a ser o responsável pela gestão financeira da empresa e anterior não terá mais reponsabilidade sobre as obrigações após a data de rescisão contratual.

É extremamente importante destacar que todo erro cometido pela contabilidade anterior, durante o período em que esteve como responsável pela empresa continuará sendo de sua inteira responsabilidade.

5º Alinhar os procedimentos que serão adotados com a futura contabilidade

Agora que todos os processos burocráticos foram realizados em relação à transferência de contabilidade e a sua empresa já esta  com a nova responsável técnica  é hora de alinhar os procedimentos.

  • Verifique com o contador, o responsável por cada setor e solicite os meios de comunicação com cada um;
  • Alinhe as datas de entrega dos documentos mensais e quais são eles;
  • Sempre fique atento aos e-mails enviados pela contabilidade, assim facilitará no processo de comunicação.

Podemos concluir que a transferência de contabilidade não é muito burocrática e não demanda muito tempo.

Mas ainda assim, surgem algumas dúvidas que vamos elencar abaixo, nosso intuito é sanar o máximo possível.

O contador anterior pode recusar a entregar meus documentos solicitados?

Não. Conforme a RESOLUÇÃO CFC N.º 1.590, é obrigatório que o contador anterior ao realizar o distrato de prestação de serviços, repasse todas as informações e documentos necessários ao novo responsável técnico.

Quais os documentos da minha empresa que devo solicitar para transferência de contabilidade?

Para resumir, vamos dizer TODOS. A maioria dos documentos podem ser obtidos eletronicamente, através do certificado digital da empresa ou procuração. Mas, no entanto alguns documentos precisam que sejam entregues como, por exemplo:

  • Senhas de acesso;
  • Contrato Social;
  • Copia dos documentos dos sócios;
  • Arquivos digitais contendo as escriturações e movimentação de toda a empresa. Esse arquivo pode ser exportado do sistema do antigo contador e importado para o sistema do atual.

Outra pergunta muito frequente é em relação ao termo de transferência de responsabilidade técnica.

É obrigatório o Termo de Transferência de Responsabilidade Técnica?

Não é obrigatória a elaboração do termo, pois na RESOLUÇÃO CFC N.º 1.590, é apresentado o modelo de distrato que nele deve detalhar as obrigações do antigo contador e o atual, ou seja, ele possui dupla finalidade.

Mas é recomendável que o termo seja elaborado a parte, assim você estará duplamente protegido.

Por fim, podemos observar que a relação entre contador e empresário é uma via de mão dupla, o contador precisa ser presente e prestar seu trabalho com excelência sempre buscando proteger a empresa de qualquer ônus e cumprir todas as obrigações.

E por outro lado o empresário precisa fornecer todas as informações necessárias para que o contador execute seu trabalho com precisão e também é necessário ter muita transparência em todas as operações realizadas, por isso falamos que na relação entre contador e empresário é essencial possuir muita confiança e diálogo.

Você já conhece a Escola Contábil?

A Escola Contábil chegou ao mercado para ser uma verdadeira solução para as lacunas deixadas pelas universidades na formação de profissionais.

Então, na Escola Contábil você encontrará desde cursos completos para Exame de Suficiência e Exame de Qualificação Técnica, como também dezenas de cursos voltados para a prática profissional.

Tudo isso por apenas R$ 49,90 por mês.

Mas o que você encontrará na Escola Contábil:

  • Preparatório para Exame de Suficiência Curso para o Exame de Qualificação Técnica (Perito e Auditor);
  • Curso completo de IRPF;
  • Tudo sobre MEI;
  • Empreendedorismo Contábil;
  • Curso Prático de HP-12C;
  • Perícia Contábil na prática;
  • Dicas de como se sair bem em entrevistas;
  • Contabilidade Pública do ZERO;
  • Rotinas Contábeis;
  • Rotinas Trabalhistas, incluindo E-Social;
  • Sped Fiscal;
  • Excel na prática;
  • Simples Nacional
  • Lucro Presumido
  • Contabilidade Rural
  • SPED Fiscal, EFD Contribuições e REINF
  • Captação de Clientes

E muito mais… Em outras palavras, a Escola Contábil é o que faltava para você se tornar de vez um profissional de excelência no mercado de trabalho.

Começamos a dar aula exclusivamente para o público contábil em 2019, e, nesse meio tempo, mais de 16.000 alunos de matricularam em nossas turmas.

Com tamanha repercussão, decidimos unir tudo em um único lugar, criando a Escola Contábil, cuja finalidade é, acima de tudo, privilegiar o aprimoramento de nossos alunos.

Definitivamente, pelo que entrega, este curso tem um valor quase que módico.

Enfim, gostou? Então conheça um pouco mais CLICANDO AQUI!

Compartilhe esse conteúdo

Marcadores

Deixe Seu Comentário

Artigos Relacionados

Quer ficar por dentro das últimas novidades da área contábil?

Inscreva-se na nossa newsletter e tenha nossos conteúdos em primeira mão.

Assine agora a Escola Contábil e aprenda o que a faculdade não ensinou!

Torne-se um profissional diferenciado no mercado de trabalho. Estude com professores objetivos e atualizados! Tudo isso sem sair de casa!

© 2021 Escola Contábil. Todos os direitos reservados.