O MEI PODE TER FUNCIONÁRIO?

O MEI PODE TER FUNCIONÁRIO?

O MEI PODE TER FUNCIONÁRIO?

Caso você seja MEI (Microempreendedor Individual) e seu negócio esteja em crescimento, a 1º pergunta que você faz é: Posso contratar um funcionário ou um estagiário?

Então a resposta é: Sim! Mas é fundamental que você saiba quais são os processos de contratação e quais serão as obrigações quanto ao funcionário ou estagiário.

Pensando nisso, decidimos elaborar esse artigo para ajudá-los a entender tudo sobre a contratação, quais documentos necessários, qual o valor do salário, qual será o gasto mensal para manutenção do contratado, quais serão suas obrigações e muito mais.

Continue a leitura desse artigo e sane todas suas dúvidas!

O MEI pode ter funcionário?

Conforme já respondemos acima: Sim! O MEI pode contratar um funcionário ou estagiário para auxiliar nas demandas da empresa.

Porém de acordo com a LEI Complementar nº 128 de 19 de dezembro de 2008, o MEI pode contratar apenas UM funcionário, o contratado deverá ser maior de 16 anos e também precisa ter exame admissional comprovando que ele pode exercer a função pela qual está sendo contratado.

O MEI pode ter estagiário?

A princípio sim. O MEI pode ter um estagiário, no entanto sua contratação deverá seguir a Lei nº 11.788, de 25 de setembro de 2008, que rege os direitos e contrato do estagiário, lembrando que ele deverá ter registro em carteira.

Contudo vale lembrar, caso você MEI opte por contratar o estagiário não poderá contratar um funcionário e vice versa. A Lei é clara quanto a isso.

O MEI pode ter apenas UM colaborador, seja ele estagiário ou funcionário, salvo em outros motivos que vamos comentar no decorrer do artigo.

Qual o valor do salário de um funcionário contratado pelo MEI?

Seguindo as regras estabelecidas pela legislação o contratado pelo MEI pode receber conforme o piso salarial da sua categoria, ou caso, não seja estabelecido será o valor do salário mínimo atual que em 2021 é R$1.100,00.

Então já sabemos que o MEI pode contratar e qual será o valor do salário, sendo assim, vamos separar os documentos necessários.

Quais os documentos necessários para contratação do funcionário do MEI?

Todavia uma pergunta frequente é: quais são os documentos necessários para efetivar a contratação do funcionário pelo MEI?

Para auxiliá-los, desenvolvemos o checklist abaixo dos documentos do funcionário:

CHECKLIST DOCUMENTOS MEI

Fonte: Bruna Castro

Após a contratação do funcionário quais serão as obrigações do MEI?

Primeiramente é essencial entender que após contratar o funcionário o MEI terá obrigações mensais a serem cumpridas são elas:

  • O MEI precisará recolher todo mês o INSS incidente do valor pago ao funcionário;
  • Efetuar o recolhimento do FGTS, que correspondente à 11% sobre o salário pago ao colaborador, sendo 3% de responsabilidade do empregador e 8% a parte do empregado.

Lembrando que deverá ser recolhida a guia do FGTS até o dia 7 do mês seguinte;

  • Também é necessário que o MEI apresente a guia de recolhimento à Previdência Privada (GFIP/ FGTS);
  • Será necessário enviar a RAIS (Relação Anual de Empregados) ao Ministério do trabalho uma vez ao ano;
  • Fazer o envio do eSocial
  • E por fim, o MEI precisa fazer o arquivo dos documentos comprobatórios do recolhimento das obrigações trabalhistas e previdenciárias por pelo menos 30 dias.

Entrega do eSocial por MEI

O que a maioria dos Microempreendedores individuais não sabem é que após fazer a contratação do funcionário também será necessário enviar o eSocial.

Mais o que é o eSocial? É o Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas, foi desenvolvido pelo Governo como intuito de unificar em uma plataforma todas as informações prestadas pelo empregador.

O cadastro dessas informações passou a ser obrigatório para o MEI em outubro de 2019.

No entanto o eSocial para o MEI é chamado de eSocial simplificado, onde para acessar basta informar o CPF/ CNPJ , código de acesso  e senha  ou pode entrar pelo GOV.br; nesse caso não será necessário possuir o certificado digital.

Todavia você pode acessar o portal do eSocial  simplificado clicando aqui.

Mas, se o MEI que não se enquadra nessa condição, não precisará enviar o eSocial sem movimento.

Para saber mais acesse nosso artigo completo sobre o eSocial.

Então agora vamos ver quanto custa para o MEI contratar um funcionário.

Quanto custa para o Microempreendedor Individual contratar um funcionário?

O MEI pode ter um funcionário e deve pagar por sua formalização, sendo assim, vamos verificar a titulo de exemplo qual será o custo desse funcionário para MEI.

O cálculo será baseado no valor do salário mínimo atual em 2021 R$1.100,00.
  • Salário mínimo: R$1.100,00
  • FGTS: 8% = R$88,00
  • INSS Patronal: 3% = R$ 33,00

Contudo o valor do custo para se manter um funcionário no MEI será o valor mensal de R$1.221,00.

Porém o funcionário do MEI possui todos os diretos como, por exemplo, a tirar férias e 13º.

Sendo assim, o Microempreendedor individual precisará fazer reservas financeiras mensais para pagar os benefícios do colaborador e até para uma eventual rescisão.

Vamos exemplificar o valor a ser provisionado mensalmente:
  • Férias 1/12 – R$91,67;
  • 1/3 de Férias- R$30,56;
  • FGTS sobre Férias- R$9,77;
  • INSS sobre Férias- R$3,67;
  • 13º Salário 1/12- R$91,67;
  • FGTS sobre 13º Salário- R$7,33;
  • INSS sobre 13º Salário- R$2,75;
  • Multa 40% FGTS em uma eventual rescisão- R$42,04.

Totalizando o valor de provisão mensal a ser guardada pelo MEI no valor R$279,46

Quais são os benefícios do funcionário do MEI?

O colaborar contratado pelo MEI tem direito a todos os benefícios assegurados na CLT, sendo eles, aposentadoria, seguro- desemprego, licença- maternidade, auxilio por acidente e auxílio doença.

Porém você deve estar se perguntando se o MEI pode contratar apenas um funcionário, caso ele seja afastado como devo proceder? Posso contratar outro?

Em caso de afastamento do funcionário do MEI o que fazer?

Existem situações previstas na legislação trabalhista que asseguram o afastamento legal do único empregado do Microempreendedor Individual.

No entanto os afastamentos constituem interrupção (quando há pagamento de salários e encargos) ou suspensão (quando não há pagamentos de salários e encargos) do contrato de trabalho.

 E podem ser de curto ou longo prazo e neste período o MEI pode contratar outro trabalhador.

Vale ressaltar que o afastamento do contratado não se caracteriza pelas vontades do empregador, mas sim de uma previsão na legislação trabalhista.

E por fim vamos comentar sobre uma duvida muito frequente em relação ao limite de faturamento ao contratar um colaborador.

O limite de faturamento anual do MEI muda ao contratar um funcionário?

E a resposta é Não! O MEI pode ter funcionário, porém não significa que o limite de faturamento anual será alterado.

Atualmente o Microempreendedor Individual pode faturar até R$ 81 mil reais por ano, independentemente de ter ou não um colaborador contratado.

Temos o artigo que aborda tudo sobre o MEI então acesse aqui

Definitivamente o MEI possui suas peculiaridades não é mesmo? Se você ainda possui dúvidas nós podemos te ajudar.

Você já conhece a Escola Contábil?

A Escola Contábil chegou ao mercado para ser uma verdadeira solução para as lacunas deixadas pelas universidades na formação de profissionais.

Então, na Escola Contábil você encontrará desde cursos completos para Exame de Suficiência e Exame de Qualificação Técnica, como também dezenas de cursos voltados para a prática profissional.

Tudo isso por apenas R$ 49,90 por mês.

Mas o que você encontrará na Escola Contábil:

  • Preparatório para Exame de Suficiência Curso para o Exame de Qualificação Técnica (Perito e Auditor);
  • Curso completo de IRPF;
  • Tudo sobre MEI;
  • Empreendedorismo Contábil;
  • Curso Prático de HP-12C;
  • Perícia Contábil na prática;
  • Dicas de como se sair bem em entrevistas;
  • Contabilidade Pública do ZERO;
  • Rotinas Contábeis;
  • Rotinas Trabalhistas, incluindo E-Social;
  • Sped Fiscal;
  • Excel na prática;

E muito mais… Em outras palavras, a Escola Contábil é o que faltava para você se tornar de vez um profissional de excelência no mercado de trabalho.

Começamos a dar aula exclusivamente para o público contábil em 2019, e, nesse meio tempo, mais de 16.000 alunos de matricularam em nossas turmas.

Com tamanha repercussão, decidimos unir tudo em um único lugar, criando a Escola Contábil, cuja finalidade é, acima de tudo, privilegiar o aprimoramento de nossos alunos.

Definitivamente, pelo que entrega, este curso tem um valor quase que módico.

Enfim, gostou? Então conheça um pouco mais CLICANDO AQUI!

Compartilhe esse conteúdo

Marcadores

Deixe Seu Comentário

Artigos Relacionados

Quer ficar por dentro das últimas novidades da área contábil?

Inscreva-se na nossa newsletter e tenha nossos conteúdos em primeira mão.

Assine agora a Escola Contábil e aprenda o que a faculdade não ensinou!

Torne-se um profissional diferenciado no mercado de trabalho. Estude com professores objetivos e atualizados! Tudo isso sem sair de casa!

© 2021 Escola Contábil. Todos os direitos reservados.